12
Março
2016
0
//www.danilomachado.com.br/media/user/images/original/yoda001_d9.jpeg

Tenha um Mentor

Criado: 12 Março 2016 | Atualizado: 08 Abril 2016
Tamanho da fonte
pequena
normal
grande
Versão para impressão
imprimir
O mentor não é o seu ídolo preferido ou o profissional mais bem sucedido do seu mercado ou o seu gurú de negócios...

Danilo Machado
www.danilomachado.com.br
11 de março de 2016


Aprendemos por imitação. Já nos primeiros meses de vida ao começarmos a dar conta dos nosso sentidos e a perceber o mundo a nossa volta o gatilho da imitação começa a ser acionado. É uma forma natural de agir para melhor ser aceito em nosso grupo social, mas também é a forma de dizer para nós mesmos: olha eu sou igual aquele humano ali! E seguimos imitando durante toda a nossa vida. Assim aprendemos a imitar os sons, depois as palavra, gestos, sotaques, gírias, manias, roupas, valores, comportamentos e tudo mais que chamamos de vida.
Por isso é tão importante imitar os padrões corretos para atingirmos os resultados desejados. Mas, melhor do que simplesmente imitar ou modelar alguém é permitir que esse alguém também nos molde e nos influencie afim de nos impulsionar para o nosso ponto de chegada. Essa é a importância de se ter um mentor.
Todos os grandes nomes da História tiveram um mentor por trás da sua glória.
Alexandre, O Grande - Aristóteles, de Estagira; Airton Sena -Tché ( Lúcio Pascual Gascón); Steve Jobs - John Doerr. Todos os reis e imperadores tinham seus conselheiros. Até mesmo os grandes personagens do cinema tiveram por trás de seu sucesso a ajuda de um mentor que os guiaram por sua jornada. Como o mafioso Don Corleone e seu inseparável consiglieri e Luke Skywalker que desvendou os segredos da Força com a ajuda e sabedoria do Mestre Yoda.
O mentor não é o seu ídolo preferido ou o profissional mais bem sucedido do seu mercado ou o seu gurú de negócios. É muito comum ao descer do palco depois de uma palestras e interagir com as pessoas eu ouvir afirmações do tipo: Danilo, muito obrigado, você é meu mentor! Claro que fico sempre lisongeado, pois sei que essa pessoa quis dizer que de algum modo eu a estou ajudando no seu desenvolvimento pessoal ou profissional. Mas na verdade nunca conversamos, não sei quais são seus anseios, suas limitações, seus pontos fortes e nem o que ela deseja alcançar na vida. Portanto, se não interajo como ela, não poderia ser eu o seu mentor.
O mentor é aquele profissional que tem todo o conhecimento e ferramentas para fazer com que você avance rumo ao seu GOL ou aquele amigo que já chegou onde você quer chegar e está disposto a lhe passar todas as instruções para que você siga avançando. O mentor vai lhe dar os feedbacks que você precisa ouvir e não os elogios que você gostaria. Ele vai forçar seus limites, fazendo sua performance mais eficiente; vai fazer seu ego implorar de joelhos; ensinará a focar nos resultados e a não se distrair com aplausos; tornará você mais resistente, mais resiliente e humilde. Você aprenderá com ele que o sucesso é uma questão de alguns poucos hábitos repetidos disciplinadamente todos os dias e não um milhão de dólares numa única tacada.
Então muito cuidado ao escolher o seu mentor. Lembre-se que será como um casamento, como um sócio, que determinará um caminho que sua vida irá seguir daquele ponto em diante. Um cão mal adestrado torna-se muito mais difícil de aprender um truque novo.
Utilize esse questionário para a hora de escolher o seu mentor de negócios chegar:
1 - Ele(a) já conquistou o que eu almejo conquistar?
Ter um mentor que já chegou lá é muito importante, pois poder aprender com a sua preciosa experiência é uma oportunidade valiosa. Isso irá fazer você economizar dinheiro e um tempo precioso na construção da sua carreira.
2 - Ele(a) tem o conhecimento teórico e as ferramentas para me ajudar a atingir o meu resultado?
Quais pessoas o possível mentor já ajudou a conquistar seus objetivos? Muitos profissionais, como coach, não tem necessariamente o mesmo ramo de atuação que você e portanto não podem ter chegado onde você almeja. O que você precisa identificar é se ele foi capaz de levar pessoas do seu ramo de atuação aonde você gostaria de chegar.
3 - Ele quer ser meu mentor? Ele sabe realmente o que isso significa?
Muitas pessoas escolhem seus mentores apenas pelo carisma pessoal ou afinidade. Mas é preciso saber se esta pessoa quer realmente se ocupar em ajudá-lo nesta sua jornada e o mais importante, se ele é qualificado para a tarefa.
4 - Ele(a) me diz o que eu preciso ouvir ou o que eu gostaria de ouvir?
Um mentor não vai te ajudar a lamber suas feridas e nem te parabenizar por uma performance regular. Ele vai forçar a barra, vai exigir o máximo de você. É como dizem os treinadores de esportes: treino duro, jogo fácil.
5 - Eu estou realmente pronto para o próximo nível?
Na vida e nos games sempre que mudamos de fase a coisa fica mais difícil. É muito mais fácil e confortável jogar uma fase que já dominamos, onde já sabemos onde estão escondidos os perigos e onde devemos buscar as recompensas. O mentor vai te forçar a ir para a próxima fase, onde tudo está por ser descoberto e você não tem o controle. E isso vai ser realmente muito desconfortável e por muitas vezes desanimador.
A questão é: você estará preparado?
Grande abraço e nos vemos no topo!

O que você achou desta informação?


0

 

Comentários

Faça parte da notícia, deixe seu comentário, expresse sua opinião.
E-mail protegido, também não gostamos de SPAM

Sua mensagem foi enviada com sucesso!