02
Julho
2019
0
//www.danilomachado.com.br/media/user/images/original/captura-de-tela-2019-07-02-a768s-111409-q5.png

Princípios do Sucesso Financeiro

Criado: 02 Julho 2019 | Atualizado: 02 Julho 2019
Tamanho da fonte
pequena
normal
grande
Versão para impressão
imprimir
A grande tragédia do nosso tempo é que esses princípios não são ensinados nem em casa, nem na escola e muito menos na faculdade. Mas a boa notícia é que existem cada vez mais pessoas que os estão descobrindo por conta própria e os estão divulgando por seu

Nestes meus quase 20 anos ajudado as pessoas a melhorar sua performance financeira me deparei como 4 princípios fundamentais que norteiam o sucesso financeiro em qualquer área de atuação profissional


Princípio n° 1 - Constituição psíquica moldada para o sucesso.

O Avanço científico acelera cada vez mais rápido e cada vez mais deixa claro que o sucesso ( seja financeiro, seja no esporte, profissional ou nos relacionamentos interpessoais ) começa no modelo mental. Sim, as pessoas de sucesso em quaisquer áreas da vida tem um cérebro que funciona de maneira específica e diferente das pessoas que não o alcançaram ainda. A boa notícia é que a ciência também já descobriu a plasticidade neural, ou seja, o modelo mental pode ser alterado, moldado e até mesmo substituído.

Pesquisadores afirmam que os ricos e abastados, sentem, pensam e agem de forma diferente da maioria da pessoas quando o assunto é dinheiro. E uma diferença singular é que eles não tem o dinheiro como algo negativo, como sendo a causas de todos os males ou que para se tornar rico se faz necessário uma série de atitudes desonestas e criminosas.
Eles percebem o dinheiro como algo bom, e positivo que lhes trará facilidades. Como uma ferramenta, o dinheiro é percebido como algo que trará mais conforto, mais velocidade na execução de alguma tarefa ou como um potencializador de habilidades, igual a um machado nas mãos de um lenhador.
Portanto o segredo aqui é sentir, pensar e agir como os ricos quando o assunto for dinheiro.


Princípio n° 2 - Fluxo de caixa positivo.

Os ricos nunca gastam tudo o que ganham. E ao contrário do que se pode imaginar, que eles não gastam tudo que ganham pelo simples fato de ganharem muito dinheiro e terem sempre todas suas necessidades e desejos atendidos prontamente, a verdade última é que eles praticam o velho ditado - “quem guarda sempre tem” - como uma regra fundamental da vida.
Eles guardam e investem primeiro e depois gastam o que sobra, ao contrário da massa que gasta tudo o que tem e se por obra do acaso sobrasse algo, aí sim este algo seria guardado.

Princípio n° 3 - Compra de bens ativos.

Bens ativos é tudo aquilo que você compra e isso coloca dinheiro no seu bolso, ao contrário dos bens passivos que possuem o péssimo hábito de tirar dinheiro do seu bolso.

Exemplo de bens ativos:
- Imóvel destinado ao aluguel;
- Ativos financeiros ( títulos públicos, ações, fundo imobiliário, debêntures, etc )

Exemplo de bens passivos:
- Imóvel residencial;
- Carro de uso particular;

Princípio n°4 - Renda passiva.

Renda passiva é a renda proveniente dos bens ativos. É o dinheiro que se ganha sem a necessidade de trabalhar.
Enquanto a maioria absoluta da população está correndo atrás de um trabalho em troca de dinheiro e alguns benefícios e vivendo sobre o princípio que o “ trabalho braçal dignifica o homem ” , o ricos e abastados estão em busca de construir sua própria fonte de renda, uma fonte inesgotável de recurso que trabalhe por eles e que lhes permitam ter mais liberdade, tanto de tempo quanto de escolhas para poderem realmente viver uma vida extraordinária.

A grande tragédia do nosso tempo é que esses princípios não são ensinados nem em casa, nem na escola e muito menos na faculdade. Mas a boa notícia é que existem cada vez mais pessoas que os estão descobrindo por conta própria e os estão divulgando por seu elevado senso de dever moral.
Neste momento convido a você a continuar com essa corrente do bem e divulgar este artigo com outras pessoas para que um dia possamos viver num mundo onde as desigualdades sociais e os problemas financeiros sejam uma vaga lembrança de um passado distante.

Grande abraço,

Danilo Machado,


O que você achou desta informação?


0

 

Comentários

Faça parte da notícia, deixe seu comentário, expresse sua opinião.
E-mail protegido, também não gostamos de SPAM

Sua mensagem foi enviada com sucesso!