13
Maio
2021
0
//www.danilomachado.com.br/media/user/images/original/os-quatro-passos-para-gerar-riqueza-l8.png

OS 4 PILARES FUNDAMENTAIS DA RIQUEZA.

Criado: 13 Maio 2021 | Atualizado: 13 Maio 2021
Tamanho da fonte
pequena
normal
grande
Versão para impressão
imprimir
OS 4 PASSOS PARA GERAR RIQUEZA

Como tudo na vida, para enriquecer também existe um processo, uma metodologia e é exatamente sobre isso que vamos falar neste artigo hoje.

Vamos entender agora quais são os quatro pilares fundamentais a serem construídos por quem queira verdadeiramente almejar o sucesso financeiro. Então vamos ao primeiro pilar que é justamente:

1° PILAR - SAIR DAS DÍVIDAS

Existem vários tipos de dívidas,existem as dívidas boas; aquelas que nos fazem progredir financeiramente, como a dívida que um agricultor faz para comprar um novo trator ou para compra sementes melhores, a dívida que um construtor faz para construir um imóvel e depois vender ou alugar, a dívida que um dentista faz para comprar uma nova cadeira ou para compra a sala do seu consultório. Todas essas dívidas foram contraídas com a finalidade de gerar mais receita. Mas há também a dívida que se faz para custear uma viagem de férias ou para trocar o televisor, a dívida que se faz para comprar um carro novo ou até mesmo para comprar ítens de luxo ou roupas de marca. É sobre este tipo de dívida que estou me referindo agora: as dívidas ruins; aquelas que são contraídas de forma irresponsável para comprar coisas ou serviços cujos quais não precisamos, com o dinheiro que não temos, e que vão se tornar verdadeiras âncoras no orçamento.

Este tipo de dívida é muito fácil de se resolver: no momento em que você decidir que quer muito algum objeto ou serviço, olhe na sua carteira, e se tiver o dinheiro ótimo! Vá em frente e pague, mas se tiver que dividir ou parcelar esqueça!
Isso significa apenas uma coisa: que você não pode pagar, que você não tem dinheiro para isso no momento e ponto final.

Comprar algo que não precisa com um dinheiro que não se tem é tolice!

Resolva isso de uma vez por todas,e comece a viver sob o lema:
" SE TÊM PAGUE À VISTA E SE NÃO TEM VOLTE OUTRO DIA."

2°PILAR - FAZER DINHEIRO.

Parece um tanto quanto óbvio, mas este é um ponto que merece ser citado, porquanto muitas pessoas passam a vida e não se dão conta que precisam se responsabilizar por aumentar constantemente a sua renda.

Veja! temos duas certezas na vida - a primeira é que algum dia todos vamos morrer; a segunda, é que os preços e os impostos sempre irão aumentar.
Ora, se os preços estão em constante crescimento, você precisa garantir que os seus ganhos estejam sempre em crescimento também…

Você não pode deixar esta responsabilidade na mão do seu empregador ou do governo! Você tem que garantir que isso aconteça ano a ano.

E a resposta para isso é ter múltiplas fontes de renda. Se você tem um salário excelente! Agora você tem que buscar uma renda extra que lhe traga lucro, percebeu o ponto?

Porque mesmo que a inflação venha corroendo o seu salário ano a ano, o mesmo não ocorre com um negócio pois você pode seguir aumentando também o preço dos seus produtos ou serviços… Assim você fica com um ganho sempre equiparado ou acima da inflação.

Se você já é um empreendedor, se já tem um negócio que funciona precisa ter cuidado para não ficar preso numa zona de conforto, em determinado patamar de renda e garantir que seu negócio esteja sempre em constante crescimento e ficar sempre atento a novas oportunidades de aumentar o seu faturamento.

3° PILAR - POUPAR

Você precisa adquirir o hábito de guardar dinheiro. Ninguém pode ficar rico sem poupar dinheiro, é claro!

E quanto eu devo guardar Danilo ?
ISSO NÃO IMPORTA AGORA, O QUE IMPORTA É O HÁBITO!!

Veja! Algumas pessoas vão dizer 10%, outras 20%, mas eu quero falar uma coisa que você já sabe - quanto mais melhor! Mas se você precisa de um número para se guiar, um bom começo seria começar com 10%.

Eu conheço pessoas que ganham 3 mil reais e tem mais de cinquenta mil reais aplicados, por outro lado, também conheço algumas que ganham cem mil reais por mês e volta e meia estão com contas atrasadas, o que prova que guardar dinheiro não é uma questão de o quanto se ganha e sim uma questão de hábito, certo?!

O que fazer se você já estiver endividado, o que fazer para sair das dívidas?
Você precisa separar uma parte do que vai poupar para quitar suas dívidas.

Digamos que você decidiu que vai poupar 10% aconteça o que acontecer, certo? Agora você pode separar uma parte destes 10% para quitar suas dívidas.

É claro que cada caso é um caso e não existe uma regra que sirva para todo mundo para eu colocar aqui neste texto.

Mas para servir de exemplo: você poderia poupar 5% e usar 5% para quitar as dívidas e uma vez pagas voltar a poupar os 10% de forma integral.

Danilo, por que não usar os 10% integralmente para pagar as dívidas? Assim eu não me livraria delas mais rapidamente?

Lembre-se que você precisa adquirir o hábito de poupar, mesmo que seja 1% de tudo que você ganha, você deve seguir poupando, pois não existe outro meio de se fixar um hábito que não seja praticando...

Olha, caso as dívidas sejam seu maior desafio neste momento eu vou deixar aqui no final o link do meu curso 4ps para sair do vermelho, onde eu ensino de forma detalhada como você organizar a sua vida financeira, sair do vermelho, estabilizar as suas contas para que você possa prosseguir neste plano. espero que aproveite!


4° PILAR - INVESTIR


Para se analisar qualquer tipo de investimento você deve observar 4 fatores:

RISCO
RETORNO
TEMPO
LIQUIDEZ

De maneira geral, risco e tempo são diretamente proporcionais ao retorno: quanto maior o risco, maior o retorno; quanto menor risco, menor retorno.

Quanto mais tempo você deixar o dinheiro aplicado, maior o retorno; quanto menos tempo, menor retorno

Liquidez é a capacidade que uma aplicação ou investimento tem em se transformar em dinheiro vivo novamente.

Um imóvel é um investimento de baixa liquidez, porque pode demorar vários meses para ser vendido e para que aquele dinheiro investido possa estar no seu bolso novamente, caso você precise.

Poupança é um investimento de alta liquidez, porque basta você ir ao caixa rápido e sacar o dinheiro assim que precisar.

A liquidez de um ativo financeiro tende a ser inversamente proporcional ao retorno.

Quanto maior for a liquidez, menor o retorno; quanto menor for a liquidez, maior o retorno

Mas a primeira coisa que você deve fazer para começar seus investimentos é montar seu colchão de segurança. Que é justamente o dinheiro que você deve ter disponível para alguma eventualidade ou emergência.

Este dinheiro deve estar aplicado num produto financeiro de baixo risco e alta liquidez.


Então é isso, para se tornar verdadeiramente rico lembre-se:

SAIR DAS DÍVIDAS - FAZER DINHEIRO - POUPAR - INVESTIR


Grande abraço!

Danilo Machado.

Curso - 4Ps Para Sair do Vermelho

O que você achou desta informação?


0

 

Comentários

Faça parte da notícia, deixe seu comentário, expresse sua opinião.
E-mail protegido, também não gostamos de SPAM

Sua mensagem foi enviada com sucesso!